Está pensando em abrir um negócio? Já pensou em criar um blog corporativo? Tornar-se um empreendedor de sucesso nos dias de hoje é uma tarefa que exige muito mais do que coragem para investir em um sonho. É preciso ser estratégico e estar atento às tendências.

Segundo o IBGE, mais de 63% dos lares brasileiros têm acesso à internet e esse é um excelente indicador de que há grandes oportunidades te esperando no universo virtual.

Aliás, o mundo está mais conectado. Desde que a internet surgiu, o modo como nos comunicamos, nos relacionamos e consumimos informações e bens mudou bastante. Hoje, é cada vez mais comum recorrermos aos sites de buscas sempre que temos uma dúvida ou desejamos comprar algum produto.

Diante desse cenário, surge a seguinte questão: por que as empresas precisam de um blog? Neste post você entenderá a importância de investir na criação de um blog e, claro, aprenderá como desenvolver essa estratégia com eficiência.

Quer aprender? Continue com a leitura!

O que é um blog?

Antes de tudo, você sabe o que é um blog? Pode parecer simples, mas muitas pessoas não sabem diferenciá-lo de um site comum e, por isso, é interessante falar um pouco sobre as características dessa ferramenta de marketing.

A palavra blog é uma redução de “weblog” e se refere a uma espécie de diário online de publicações. Trata-se de uma página online que deve ser atualizada com uma certa frequência e pode ter fins pessoais ou profissionais.

Aliás, vale a pena mencionar que, em seus primórdios, ele não era muito utilizado para fins comerciais. No entanto, com os avanços da internet e do próprio marketing digital, essa ferramenta ganhou um espaço importante no planejamento empresarial.

Na prática, um blog corporativo é atualizado com notícias e conteúdos que ajudam o leitor a solucionar dúvidas, ter acesso a curiosidades e tendências e, claro, conhecer o produto ou serviço oferecido pela empresa.

Portanto, essa página repleta de conteúdos e experiências já faz parte do cotidiano de milhares de brasileiros e pode ser uma excelente oportunidade para que um negócio se torne referência na área em que atua.

Quais são os objetivos dessa ferramenta?

O objetivo de um blog é criar um arquivo online de textos sobre diversos temas que interessam ao leitor. Além disso, ele serve como um canal de comunicação da marca com seus atuais e futuros clientes, podendo fornecer dicas e informações em diversas áreas, como:

  • saúde;
  • esportes;
  • cozinha;
  • maquiagem;
  • empreendedorismo;
  • investimentos financeiros;
  • política;
  • tecnologia;
  • comportamento.

Enfim, há uma infinidade de temas que podem ser trabalhados com o leitor. Uma empresa que atua no setor de alimentação, por exemplo, pode abordar a importância de hábitos saudáveis, dar dicas de pratos e até mesmo incentivar o consumo de seus produtos — tudo isso com estratégia e planejamento.

Portanto, de maneira resumida, podemos afirmar que a empresa que decide colocar um blog no ar pode ter diversos objetivos, como:

  • conquistar novos clientes;
  • expandir o alcance da marca;
  • promover seus produtos;
  • estabelecer um vínculo com seu público;
  • criar um canal de comunicação.

Qual a importância do blog para seu negócio?

Afinal, por que é importante ter um blog? Para responder a essa questão, é necessário observarmos o comportamento do consumidor contemporâneo.

Nos últimos anos, percebemos uma mudança interessante no modo com que o consumidor interage com as marcas e toma suas decisões de compra. Em resumo, ele está mais exigente, atento a detalhes e bastante seletivo.

Parte disso se deve, também, à crise financeira enfrentada pelo país. No entanto, esse era um caminho natural, principalmente em razão dos constantes avanços tecnológicos.

Mas o que isso tem a ver com um blog? Simples! Sedento por mais informações e diante do avanço da internet, o consumidor se tornou muito mais conectado — a internet estimula o brasileiro a ler mais.

Por ser um canal de rápido acesso e que permite ao leitor se manter atualizado e bem informado sobre assuntos de seu interesse, a empresa que investe em um blog está um passo à frente de seus concorrentes.

Desse modo, ao falarmos sobre a importância de ter um blog, podemos observar duas vertentes: uma técnica e uma conceitual.

No primeiro caso, temos uma conclusão bem técnica. O blog é uma ferramenta de comunicação que traz inúmeros benefícios, como o aumento de acessos no site da empresa, o melhor ranqueamento da marca nas buscas no Google e a conquista de novos clientes.

Em uma análise mais conceitual, o que se observa é que esse meio muda a maneira como o público encara a empresa. Dependendo da qualidade do conteúdo postado, a marca pode se tornar autoridade nos assuntos que aborda e ganhar credibilidade no mercado.

Nesse ponto, é oportuno citar que a credibilidade é o grande patrimônio das empresas contemporâneas, principalmente em um cenário de crise econômica e de grande concorrência.

Como criar um blog de sucesso?

Depois de todos esses argumentos, é provável que você tenha compreendido o quanto sua empresa tem a ganhar com essa ferramenta. No entanto, não basta querer ter um blog, é preciso saber criar um que seja realmente fantástico.

Para muitos empresários isso seria motivo de insegurança e desânimo, mas para você que está lendo este post isso será mais fácil do que parece!

A boa notícia é que não será preciso perder horas do seu dia, tampouco enfrentar uma tarefa entediante para colocar seu blog no ar. Na verdade, os tópicos seguintes simplificarão essa tarefa e o ajudarão a evitar problemas durante o processo.

Ficou curioso? Prossiga com a leitura!

Entenda o que é domínio e aprenda a escolher o seu

O primeiro passo para a criação de um blog é a definição do domínio. No entanto, muitas pessoas sequer entendem esse conceito.

Dessa forma, para que você não tenha mais dúvidas sobre o tema e não enfrente problemas nos passos seguintes, é importante saber que o domínio é uma parte do endereço do seu blog.

No caso do blog do Conta Azul — muito interessante para jovens empreendedores —, o domínio é “contaazul”.

Perceba que eles possuem uma estreita relação com a marca e isso não é uma mera coincidência. Aliás, essa é a nossa primeira dica para escolher o seu domínio: dê preferência a um que tenha a ver com o seu negócio, pois isso ajuda o cliente a encontrá-lo.

Além disso, escolha um que esteja livre, isto é, o domínio não pode já está registrado no país. E o que fazer se o domínio escolhido já existir? Nesse caso, uma boa saída é investir em um nome criativo que tenha relação com a sua marca e com os seus objetivos. Ou seja, jamais tente copiar ou fazer algo muito parecido, pois isso pode prejudicá-lo durante as buscas.

Por último, escolha termos simples, fáceis de serem grafados e, de preferência, curtos. Tudo isso influencia nos resultados alcançados.

Compre o seu domínio

Escolhido o domínio, é hora de comprá-lo e assegurar que somente a sua empresa tenha direito a utilizá-lo.

Atualmente, existem diversas empresas responsáveis por esse registro, como o Registro.br. Basta acessar o site, conferir se o domínio está disponível e realizar o trâmite.

Lembrando que essa é apenas uma opção. Caso você opte em realizar o registro em outra empresa, basta ter o cuidado de pesquisar sobre sua reputação.

Escolha uma hospedagem para o seu blog

A hospedagem é um ponto muito importante, mas muitas pessoas a ignoram, por acreditarem que basta o blog está no ar para começar a alcançar bons resultados.

No entanto, ter uma hospedagem é o que garante que o seu site carregará mais rápido, tanto em computadores como em smartphones. Dentre outras vantagens, isso ajuda no ranqueamento no Google e, claro, proporciona uma experiência mais agradável aos seus visitantes.

Como criar um design diferenciado para o seu blog?

De nada adianta colocar um blog no ar se ele não tiver uma boa aparência. Afinal, uma das maneiras de atrair e manter um leitor em sua página é proporcionando a ele um ambiente virtual bonito e organizado.

Para facilitar, utilizamos como exemplo a plataforma do WordPress. O primeiro passo será escolher o tema para o blog e essa plataforma possui uma grande variedade disponível. Vale a pena mencionar que existem opções gratuitas e pagas e que a última opção pode ajudar a impulsionar o seu blog.

Confira mais algumas dicas!

Fique atento às cores utilizadas

Lembre-se de que o tema deve ter relação com o objetivo de seu blog. Um blog de tom sério e profissional não fica bem com cores chamativas e fontes desenhadas, assim como um blog mais leve não combina com tons de cinza.

Muitas pessoas sequer observam essa questão. Mas, acredite, a escolha das cores faz muita diferença para o sucesso de sua estratégia online.

Existe uma área de estudo, conhecida como psicologia das cores, que afirma que as cores podem causar sensações diversas nas pessoas. Por exemplo, o rosa está associado à saúde, o verde ao meio ambiente e o azul à limpeza.

Por isso, defina a sua persona e conheça o perfil de seu usuário ideal. Com essas informações em mãos, avalie as cores que serão mais agradáveis aos olhos do seu público, gerando empatia e engajamento com a página.

Pense na experiência do leitor

Quanto mais o visitante se sente atraído e confortável para ler os seus conteúdos, maiores serão as chances de retornar e de fazer negócio com a sua empresa. Por isso, é essencial pensar nesse fator durante a criação do design.

Há inúmeros aspectos que podem contribuir para essa experiência positiva, dentre os quais podemos citar:

fontes de fácil compreensão e no tamanho adequado;

  • uso de imagens;
  • interface amigável;
  • disposição cronológica dos posts;
  • uso de plugins;
  • recursos que melhoram a navegação;
  • identificação inequívoca do site;
  • espaço para pesquisa de conteúdos e temas.

Invista nos plugins do WordPress

No tópico anterior, citamos os plugins como uma estratégia que proporciona uma melhor experiência ao seu leitor. De fato, essa é uma excelente ideia e existem boas opções disponíveis no WordPress.

Nesse site, existem mais de 40 mil complementos gratuitos e você poderá adicionar diversas funcionalidades ao seu blog. Como exemplos, podemos citar:

  • Insert Headers and Footers — simplifica a instalação de outros aplicativos, como o Google Analytics;
  • Disqus Comment System — facilita a gestão dos comentários feitos nos posts, melhorando e ampliando a interação com o público;
  • Sumo — ajuda a captar e-mails e construir um banco de dados sobre os leads e há vem com vários CTAs para utilizar nas redes sociais;
  • TablePress — permite a criação de tabelas nos posts de uma maneira rápida, fácil e interativa;
  • W3 Total Cache — melhora a experiência do usuário ao ampliar a velocidade da navegação;
  • Yoast — imprescindível para que seu conteúdo atenda às práticas de SEO, ele faz uma análise no post e aponta os pontos que devem ser ajustados para que o blog seja bem classificado pelo Google.

Como planejar os conteúdos para seu blog?

Seguindo com o nosso post, é hora de falar sobre o conteúdo do blog. Afinal, de nada adianta todo o esforço anterior se você não produzir artigos relevantes para o seu público.

O planejamento é a fase mais importante dessa etapa e envolve uma série de análises. Lembre-se de que o sucesso, principalmente a longo prazo, depende de entregar um conteúdo impecável e, para isso, planejar é essencial!

Crie uma persona

Em primeiro lugar, você deverá criar uma persona — uma espécie de representação fictícia de sua audiência, com emoções, desejos e preocupações.

Observe que a persona não se confunde com o público-alvo (jovens que gostam de comida saudável, por exemplo). Ela é mais detalhista e quase real:

João, 23 anos, solteiro, está cursando faculdade de nutrição, trabalha muito e tem um bom salário, mas não dispõe de muito tempo para preparar sua própria alimentação. Está sempre conectado às redes sociais e prefere consumir informações de maneira rápida. Gosta de praticidade e deseja se alimentar melhor.

Em resumo, você estará definindo o perfil de um usuário médio, com características comuns e essenciais, como sexo, idade, renda, escolaridade, hábitos, costumes e interesses.

Escreva pensando na persona

Ao criar a sua persona, você tem em mãos um poderoso direcionamento sobre o que escrever. A ideia é analisar os problemas e necessidades desse público e produzir textos que sejam úteis a ele.

No exemplo anterior, se você começar a escrever sobre pizza e hambúrguer, certamente, não atrairá a atenção do seu principal leitor. Por isso, ao escolher os temas, jamais se esqueça da sua persona.

Defina a frequência de postagem

No início deste post, falamos que um blog é um diário virtual que é atualizado com frequência. Portanto, a periodicidade das postagens é um elemento essencial para que você alcance bons resultados.

Mas qual seria o período ideal de atualização? Na verdade, não há um padrão. Isso depende bastante da sua persona, dos temas, dos tamanhos dos posts e, claro, de sua estratégia.

O importante é que você saiba que é preciso se dedicar ao blog. Abandoná-lo por um mês não é uma decisão inteligente e pode levá-lo ao fracasso.

Assim sendo, uma sugestão é pensar em duas publicações semanais. Com isso, você terá uma frequência interessante, reunirá um bom portfólio de conteúdos e conseguirá engajar seus leitores por meio de uma newsletter, por exemplo.

Como otimizar seu blog para SEO?

Já ouviu falar em SEO (Search Engine Optimization)? Além de escrever um conteúdo que atenda às necessidades de seus leitores, é preciso observar se ele “conversa” com os buscadores da web. E é nesse momento que o SEO entra em cena!

A otimização para mecanismos de busca é uma técnica essencial para o sucesso de seu blog. É por meio dessas boas práticas que você conquistará uma boa posição no Google e ganhará espaço e visibilidade no universo virtual.

Confira, a seguir, as características que o Google mais valoriza em um conteúdo!

Qualidade do conteúdo

Sem dúvidas, um dos aspectos mais importantes para otimizar o seu blog é produzir conteúdos relevantes. Seus posts precisam ser ricos e úteis e apresentar informações que façam a diferença para o leitor.

Nesse ponto, é interessante destacar que o plágio é a morte para o seu blog. Repostar conteúdos já publicados é uma péssima ideia e pode prejudicar a imagem da sua empresa. Por isso, seja criativo e produza conteúdos originais e de qualidade.

Uso inteligente da palavra-chave

A palavra-chave é o termo que seu leitor digita nos buscadores da web e, por isso, é importante utilizá-la de maneira estratégica em seu blog.

Vejamos um exemplo: se a sua persona pesquisa “como fazer dieta low-carb?” no Google, você poderá produzir um conteúdo que tenha como palavra-chave “dieta low-carb”. Dessa maneira, o site saberá que o seu post pode ajudar aquele usuário e o colocará entre os primeiros resultados da pesquisa.

O ideal é que essa palavra esteja no título do post, no primeiro parágrafo, em algum intertítulo e, também, na conclusão. Mas, fique atento para não exagerar e deixar o conteúdo forçado demais, hein?!

Uso de links externos e internos

Ao longo do conteúdo, é interessante que você insira links que direcionem para novos posts, que podem ser do seu próprio blog (internos) ou de blogs e sites de outras empresas (externos).

A ideia é inserir novas informações para que o leitor consiga sanar sua dúvida de maneira completa. Por isso, o Google está sempre atento aos sites que investem nessa tática.

Uso de imagens

Sempre que publicar um conteúdo, procure utilizar uma imagem. Elas são essenciais para atrair a atenção do leitor e ajudam a tornar a experiência no site mais agradável.

Porém, vale o alerta: escolha bem as suas imagens e evite as que sejam polêmicas, protegidas por direitos autorais e que deixam margem de interpretação. Além disso, opte sempre por ilustrações que possuam relação com a sua persona.

Existência de um formato responsivo

Você sabia que o celular é o principal meio de acesso à internet no Brasil? Esse aparelho caiu no gosto da população e, atualmente, 49% das pessoas utilizam apenas o celular e 47% utilizam o celular e o computador para se atualizarem. Ou seja, 96% dos brasileiros usam o celular para navegar na internet.

Esse dado demonstra o quanto é importante desenvolver um blog responsivo, isto é, que tenha uma interface que se adapte a esse modelo e que evite grandes blocos de texto.

Como divulgar seus posts com eficiência?

Depois de seguir todos os passos apresentados, você já possui um blog bonito, atrativo, otimizado e repleto de conteúdos relevantes. Agora, basta divulgar seus posts com eficiência.

Nessa última etapa, não há muito segredo. No entanto, é preciso dedicação e atenção para alcançar os resultados esperados. Em resumo, você terá à sua disposição três opções básicas para divulgar seus posts, a saber:

  • newsletter;
  • e-mail marketing;
  • postagens em redes sociais.

Para que a divulgação seja eficiente, é necessário organização e planejamento. Por isso, é interessante ter um calendário editorial — uma previsão das pautas que serão trabalhadas ao longo do mês.

Além disso, é oportuno avaliar o investimento em mídia paga, pois a promoção do conteúdo nas redes sociais pode ser uma excelente maneira de ampliar o alcance de sua estratégia de divulgação.

Por último, vale lembrar que um conteúdo relevante é a sua maior estratégia divulgação. Quando o leitor gosta daquilo lê, ele mesmo tem a iniciativa de publicá-lo em suas redes sociais e isso funciona como uma rede de indicações.

Por isso, mais uma vez, invista na qualidade daquilo que você escreve. Jamais publique um post apenas para dar volume ao seu blog!

Conclusão

Chegamos ao final do post e, conforme visto, foram apresentadas inúmeras informações e dicas que, com certeza, o ajudarão a desenvolver um blog de sucesso.

É preciso ressaltar que investir em estratégias de marketing digital e na criação e manutenção de um site de conteúdos é uma exigência do mercado atual. As empresas contemporâneas não podem ignorar o poder da internet e devem investir bastante em presença virtual.

Para finalizar, deixamos uma frase muito interessante de Martha Gabriel, uma das pensadoras digitais mais influentes do Brasil: “se você for realmente relevante para o público, eles vão prestar atenção em você”.

Por isso, aproveite tudo o que aprendeu aqui e mãos à obra!

Gostou deste material? Ainda tem dúvida sobre o tema? Quer compartilhar alguma experiência positiva ou negativa conosco? Deixe seu comentário abaixo! Sua participação enriquece o nosso blog!

RELACIONADOS
DEIXE UM COMENTÁRIO

Entrar na Área Restrita